Morreu o criador de R2-D2

Tony Dyson tinha 68 anos. O corpo do britânico foi encontrado na sua casa, em Malta, depois de amigos terem alertado a polícia que Dyson não era visto há alguns dias

Construir o R2-D2 foi um dos momentos mais emocionantes da vida de Tony Dyson. O próprio sempre o admitiu, apesar de ter trabalhado noutros filmes de sucesso como Super-Homem II e James Bond, Aventura no Espaço. Dyson foi contratado para construir oito modelos do robô R2-D2, que viria a tornar-se numa das personagens mais icónicas da saga Star Wars.

Ralph McQuarrie foi o designer responsável por R2-D2 e também por C-3PO, Chewbacca e Darth Vader. Mas foi Tony Dyson quem deu vida a R2-D2. Quatro dos robôs eram controlados por um comando, dois foram construídos para o ator Kenny Baker e outros dois tiveram apenas o objetivo de serem destruídos numa das cenas de o Império Contra-Ataca (considerado o episódio V, ainda que tenha sido o segundo filme a estrear).

"O amor por R2 é universal; nenhuma outra personagem de Star Wars tem sido tão amada ao longo dos anos como R2-D2. O seu merchadising tem disparado ao longo dos anos e a sua influência no mundo da robótica é verdadeiramente notável", escreveu Tony Dyson no seu site.

Segundo o Times of Malta, o corpo de Dyson foi encontrado na sua casa na ilha de Gozo, em Malta, depois de amigos terem alertado a polícia que o criador de R2-D2 não era visto há alguns dias. As autoridades pensam que Dyson morreu de causas naturais, mas o jornal refere que está a decorrer um inquérito, aguardando-se o resultado da autópsia para determinar a causa da morte.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG