Mais velhos e mais gordos, Resistência lançam novo CD

Vinte e dois anos depois, os Resistência voltaram a conseguir conciliar agendas e regressam com o álbum Horizonte.

"Estamos mais velhos, mais gordos, mas somos as mesmas pessoas. Os rezingões continuam rezingões, os atrasados continuam atrasados e o mais importante é que continuamos todos a fazer música, como cantores ou instrumentistas ou compositores. Está tudo na mesma, no bom sentido." Tim, o vocalista dos Xutos & Pontapés, fala assim do reencontro dos Resistência em estúdio, para gravar um disco de inéditos, algo que não acontecia há 22 anos. O resultado desse reencontro é Horizonte, que chega hoje às lojas, com reinterpretações de onze temas de Xutos, Delfins, Madredeus e Rádio Macau.

Tal como há 20 anos, conciliar agendas continua a ser uma enorme dor de cabeça, mas os músicos estão confiantes. Para já, apresentam as músicas novas em concerto no Teatro Tivoli, em Lisboa, a 17 de dezembro. E depois outros concertos surgirão. Como diz Tim: "Só o facto de estarmos todos na mesma profissão e com vontade de continuar a fazer música é um sinal de resistência."

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG