Livro de J.R.R. Tolkien publicado 100 anos depois de ter sido escrito

"Beren and Lúthien" vai ser publicado pela HarperCollins no décimo aniversário do lançamento da obra "Os Filhos de Húrin", publicado pelo filho de J.R.R. Tolkien

Uma história de amor, entre um homem e uma elfo, é o tema do novo livro de J.R.R. Tolkien que é publicado esta quinta-feira, 1 de junho, pela HarperCollins, 100 anos depois de ter sido escrito. Chama-se Beren and Lúthien e chega agora aos escaparates graças a Christopher Tolkien, de 92 anos, o filho do escritor britânico que tem gerido a publicação do espólio deixado pelo pai.

A narrativa é publicada na forma original, mostrando igualmente como a história foi alterada para entrar na coletânea O Silmarillion, editada postumamente em 1977 também por Christopher Tolkien. J.R.R. Tolkien morreu em 1973, foi professor na Universidade de Oxford e da sua obra literária no género fantástico destacam-se os célebres O Senhor dos Anéis ou O Hobbit.

Segundo a BBC, o livro conta com ilustrações de Alan Lee, que ganhou um Óscar da Academia pelo trabalho de ilustração na trilogia cinematográfica O Senhor dos Anéis, dirigida por Peter Jackson. É publicado no décimo aniversário do lançamento da obra Os Filhos de Húrin, que também foi editada pelo filho de Tolkien.

À estação britânica, John Garth, especialista em Tolkien, explicou que a escrita era, para o autor de O Hobbit, uma espécie de catarse dos horrores que testemunhara na Primeira Guerra Mundial. "Ele perdeu dois dos melhores amigos na batalha do Somme [1916] e pode imaginar-se que estava por dentro tão mal quanto estava fisicamente", afirmou, referindo-se ao momento em que Tolkien começou a escrever a história de Beren e Lúthien.

Os nomes Beren e Lúthien estão gravados na pedra tumular de Tolkien e da mulher, no cemitério de Wolvercote em Oxford.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG