Leya Buchholz é a livraria preferida dos portugueses

Vencedores do concurso promovido pela APEL foram anunciados esta tarde na Feira do Livro de Lisboa.

A Leya na Buchholz, em Lisboa, conquistou o 1º prémio no concurso "Livraria Preferida", da APEL - Associação Portuguesa de Editores e Livreiros, reunindo ?a preferência dos mais deseis mil participantes que votaram online, subindo do terceiro lugar alcançado em 2016, com 1176 votações.

A Buchholz, fundada em 1943 e desde 1965 situada na rua duque de Palmela, em Lisboa, é uma das livrarias históricas da capital. Depois de em 2008 ter sido encerrada após declarada a sua insolvência, a Buchholz ganhou uma nova vida, sendo desde 2010 uma das principais livrarias do Grupo Leya.

A das Artes, em Sines (2.º Prémio); Aqui Há Gato, em Santarém (3.º Prémio); Leya na Barata, em Lisboa (4.º Prémio); e Lello & Irmão, no Porto (5.º Prémio) são as livrarias que também mereceram as escolhas dos portugueses na edição desde ano do concurso.

Noutras categorias, o Prémio Melhor Ambiente é atribuído à Alambique, no Porto; o Prémio Melhor Atendimento é conquistado também pela A das Artes. O Melhor Catálogo vai para a Mundo Fantasma, no Porto; e o Prémio Conveniência é entregue à Leya na Barata, em Lisboa.

Os Prémios Livraria Preferida foram entregues esta tarde, às 18 horas, na Feira do Livro de Lisboa.

A "Livraria Preferida" foi uma ação lançada pela APEL em 2013, no decorrer do programa Ler em Todo o Lado, e, segundo o comunicado, tem como objetivo "a dinamização e revitalização dos pontos de venda e a distinção das boas práticas neste setor".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG