Irmão de Weinstein também acusado de assédio sexual

Uma funcionária da produtora de Harvey Weinstein acusa o irmão deste, Bob, de feito várias tentativas de assédio sexual em 2016.

Amanda Segel acusou nesta terça-feira Bob Weinstein de ter feito sucessivas tentativas de assédio no verão de 2016, que se prolongaram por mais de três meses, revela a revista Variety na sua edição online.

Segundo Segel, as tentativas de assédio ocorreram durante as filmagens de uma série produzida pela empresa de Harvey Weinstein, consistindo numa série de de convites para encontros a sós e outras propostas românticas, afirmando que pretendia a "amizade" dela.

O assédio só cessou quando o advogada de Segel informoua Time Warner Cable, para qual estava a ser produzida a série, que ela cessaria funções se Bob continuasse a importuná-la.

Um porta-voz de Bob Weinstein negou à Variety que este tivesse tido qualquer tipo de comportamento impróprio, admitindo que aquele jantou uma vez com Amanda Segel "em junho de 2016".

Posteriormente, o advogado de Bob Weinstein divulgou um comunicado em que, referindo-se ao jantar de junho de 2016, afirma que "em momento algum houve um comportamento inadequado" do seu cliente ou este fez propostas de cariz sexual a Segel "durante ou após" o jantar.

A denúnica do comportamento de Bob Weinstein surgem num momento em que o seu irmão, Harvey, enfrenta uma série de acusações de assédio sexual a atrizes e outras pessoas da indústria cinematográfica, em que se contam vários casos de violações. As acusações foram feitas por, entre outras, Angelina Jolie, Gwyneth Paltrow, Mira Sorvino, Lea Seydoux, Judith Godrèche, Ashley Judd, e Rosanna Arquette.

No início da semana, Bob distanciou-se publicamente do comportamento do irmão, mas a revelação deste caso vem pôr em causa a sinceridade das críticas que dirigiu a Harvey. Este demitiu-se ontem da direção da produtora que fundou com o irmão, esperando-se que a empresa seja agora vendida.

Weinstein, considerado um dos produtores mais poderosos e influentes da indústria cinematográfica dos Estados Unidos, foi também afastado do sindicato do ramo por decisão unânime da sua direção, conhecida nesta terça-feira.

Mais Notícias