Festival Jazz em agosto regressa com Eve Risser e Marc Ribot

A 33ª edição do Jazz em agosto acontece entre os dias 4 e 14 de agosto na Fundação Calouste Gulbenkian.

O guitarrista Marc Ribot, a pianista Eve Risser e o baterista Paal Nilssen-Love vão estar este ano no festival Jazz em agosto, em Lisboa, integrando um cartaz "amplo e diversificado", como afirmou hoje o diretor artístico, Rui Neves.

Serão 14 concertos, três documentários, duas conversas sobre música e a apresentação de um livro que ocuparão o anfiteatro ao ar livre e outras salas da Fundação Calouste Gulbenkian, entre 04 e 14 de agosto. A 33ª edição do Jazz em agosto coincidirá também com a celebração dos 60 anos daquela fundação.

"É um programa amplo e diversificado, cumprindo a dicotomia de figuras relevantes e criativas da Europa e da América do Norte", descreveu Rui Neves na apresentação do programa à imprensa.

Entre os 14 concertos destaque para o regresso a Portugal do guitarrista norte-americano Marc Ribot, que se apresentará, na abertura do festival, uma atuação inédita com o quarteto The Young Philadelphians e com o grupo português Lisboa String Trio.

O encerramento será por conta do baterista norueguês Paal Nilssen-Love, à frente de uma formação com mais de dez elementos, "alguns dos mais promissores jovens talentos do jazz escandinavo".

Entre estes dois concertos, haverá três propostas francesas: Da pianista Eve Risser, com o coletivo White Desert, do grupo Supersonic, liderado pelo saxofonista Thomas de Pourquery, que homenageará Sun Ra, e do violinista Théo Ceccaldi, à frente dos Petite Montarde, que atuarão com a projeção de filmes do surrealismo dos anos 1920.

Rui Neves destacou ainda "dois trios radicais": Pulverize The Sound, um "trio colaborativo sem um verdadeiro líder" e onde "vale tudo, da improvisação livre da música avant-garde a reminiscências do jazz, pós-punk, noise ou trash-metal", e Unnatural Ways, da guitarrista Ava Mendoza.

Haverá ainda espaço para duas propostas portuguesas, uma delas em estreia. Os Tetterepadequ, quarteto luso italiano, com o baterista João Lobo e o contrabaixista Gonçalo Almeida, e, pela primeira vez ao vivo, a formação Tuba and Drums Double Duo, com Sérgio Carolino, Mário Costa e Alexandre Frazão.

Dentro de portas, o Jazz em agosto contará com duas atuações solo de Paal Nilseen-Love e de Marc Ribot, que irá interpretar uma banda sonora para o filme "Shadows choose their horrors"".

Para lá das atuações, a francesa RougeArt será a editora convidada deste Jazz em agosto, com a exibição de alguns documentários, e a fundação promoverá duas conversas, a 06 e 07 de agosto, entre o saxofonista Evan Parker e o musicólogo David Troop.

Toda a programação poderá ser consultada em www.musica.gulbenkian.pt/jazz.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG