David Bowie chega pela primeira vez ao n.º 1 do top americano

Uma semana depois da sua morte, o músico britânico atinge um lugar na lista de vendas de música que nunca atingiu em vida

O último álbum de David Bowie, "Blackstar", lançado dois dias antes da sua morte, atingiu este domingo o primeiro lugar no top de vendas nos Estados Unidos, um êxito comercial que o músico britânico nunca conseguira.

Segundo a Billboard, que faz a compilação do top de vendas de álbuns nos EUA a partir de dados da Nielsen, venderam-se durante a última semana 181 mil unidades de "Blackstar", permitindo-lhe assim destronar "25", de Adele, que ocupava o lugar cimeiro há sete semanas.

Os efeitos da morte do cantor nas vendas dos seus discos não se resumiram ao seu último trabalho. Mais nove álbuns reentraram no 'top' 200 da Billboard, com o "Best of Bowie" a chegar ao quarto lugar e o clássico "The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders From Mars" (1973) a ser o 21.º disco mais vendido nos EUA na última semana.

Também no Reino Unido "Blackstar" entrou diretamente para o primeiro lugar no top de vendas. No entanto, este está longe de ser algo inédito no seu país natal: "Lets Dance" (1983), "Tonight" (1984), "Black Tie White Noise" (1993) e "The Next Day" (2013), todos atingiram o primeiro lugar na lista de álbuns mais vendidos no Reino Unido.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG