Cooljazz encerrou com presença de 35 mil pessoas

Na 13.ª edição do Cooljazz, os concertos de Seal e de Marisa Monte foram os que registaram maior assistência. Festival regressa em julho do próximo ano.

Foram 35 mil as pessoas que passaram pelo Parque dos Poetas e pelos Jardins do Marquês de Pombal, em Oeiras, os dois palcos do EDP Cooljazz, para assistir aos oito concertos da edição deste ano. Números que, para Karla Campos, da organização do festival, mostram o sucesso do evento.

A cantora brasileira Marisa Monte, que convidou a fadista portuguesa Carminho para se juntar ao concerto, marcou o encerramento do festival na quarta-feira à noite. O único que esgotou completamente na edição deste ano e que contou com a presença de seis mil espetadores. O concerto mais concorrido da edição deste ano foi o de Seal, o único que decorreu no Parque dos Poetas e que quase esgotou a lotação de dez mil pessoas do mini-estádio.

Este não foi o ano com mais público, reconhece Karla Campos, recordando os 46 mil espetadores alcançados em 2015. Mas, explica, "o ano passado foi absolutamente excecional com três concertos no Parque dos Poetas, com lotação para 10 mil pessoas e todos esgotados". Lionel Richie, Mark Knopfler e Caetano & Gil foram os cabeças de cartaz responsáveis por essas enchentes. A que se juntou o dia esgotado, nos jardins, com Chick Corea & Herbie Hancock.

Já com vários nomes em cima da mesa para o cartaz de 2017, Karla Campos adiantou que a próxima edição do Cooljazz vai começar já a ser trabalhada, estando garantido o regresso em julho. Mas ainda é cedo para avançar nomes. Isso só acontecerá lá mais para o final do ano.

"São 365 dias de negociações. Ou mais. Os nomes vão-se trabalhando o ano inteiro. Por exemplo, desde a primeira edição que trabalhámos para trazer a Marisa Monte e só à 13.ª edição é que conseguimos", concluiu.

Pela 13.ª edição de Cooljazz passaram Jill Scott e Charlie, Frances, The Cinematic Orchestra, Seal, Stacey Kent, Koop Oscar Oschestra, Nouvelle Vague, Omara Portuondo com Diego "El Cigala" e Marisa Monte com Carminho.

As primeiras partes dos concertos foram asseguradas por vários artistas portugueses, como Salvador Sobral, Marta Ren, HMB, Luís Represas com Paulo Flores e Ana Gomes. A presença de artistas portugueses é, aliás, "uma preocupação nossa", afirma Karla Campos. "Existem grandes valores em Portugal. O festival é uma oportunidade para eles e para nós é uma forma de enriquecer o cartaz".

O Cooljazz realizou-se pela primeira vez em 2004 e, até agora, já produziu mais de 130 concertos, para 275 mil espetadores.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG