"Colección Masaveu" no MNAA prolongada até 10 de abril

Patente no Museu Nacional de Arte Antiga desde 20 de novembro, a exposição já recebeu 25 mil visitantes, e será prolongada até ao dia 10 de abril.

A exposição Colección Masaveu. Grandes Mestres da Pintura Espanhola: Greco, Zurbarán, Goya, Sorolla já recebeu, desde que foi inaugurada no dia 20 de novembro, 25 mil visitantes, segundo dados do Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA).

A exposição temporária, com encerramento previsto para o dia 3 de abril, será prolongada até ao dia 10 de abril, revelou o museu, através de comunicado. Nela estão expostas cerca de 60 obras de artistas espanhóis que representam a história da pintura espanhola entre os séculos XV e XX.

Reunida por uma família espanhola, ao longo de várias gerações, esta coleção é uma das mais importantes (e menos conhecidas) de Espanha e que pela primeira vez se mostra além-fronteiras. Com obras de artistas como Goya e Zurbarán, começou a ser colecionada na segunda metade do século XIX e, embora seja recorrente o empréstimo de algumas das suas obras a grandes mostras de arte, esta só foi exposta três vezes em Espanha e nunca na sua totalidade.

Colección Masaveu. Grandes Mestres da Pintura Espanhola é promovida pelo Museu Nacional de Antiga, a Fundación María Cristina Masaveu Peterson e a Ritmos. Em exposição até ao dia 10 de abril, o preço dos bilhetes varia entre os 3,5 e os 7 euros.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG