Um guia que propõe passeios por Lisboa através do cinema

O filme "Afirma Pereira", de Roberto Faenza, protagonizado por Marcello Mastroianni, deu o mote para o arranque do "Lisbon Movie Tour", um projeto de visitas guiadas por Lisboa à boleia de filmes que foram rodados na capital.

O "Lisbon Movie Tour", apresentado esta segunda-feira, é uma ideia de Liliana Navarra, italiana a viver em Portugal, que decidiu criar guias destinados a turistas portugueses e estrangeiros para percorrer Lisboa e passar pelos locais que foram palco de filmagens.

"Existem mais de 16.000 filmes que tiveram 'locations' [locais de rodagem] em Lisboa, sobretudo nos anos 1940 e 1950 e quase todos são filmes americanos", afirmou Liliana Navarra que estranha só agora a capital investir neste projeto, visto ser desde cedo fundo de várias produções.

Estes percursos turísticos - replicando o exemplo italiano, com início em 1993 -, começaram em dezembro com "Afirma Pereira", a partir de um romance de Antonio Tabucchi que foi rodado em Lisboa nos anos 90.

A este, que é também uma homenagem a Marcello Mastroianni, juntou-se em janeiro um percurso para "Filme do desassossego", de João Botelho, a partir de "O livro do desassossego", de Fernando Pessoa.

Os percursos, que vão de uma a duas horas, são feitos para grupos pequenos, para melhor proveito da visita. Afinal, uma das particularidades deste projeto é que em cada ponto turístico o guia apresenta, recorrendo a um tablet, a cena do filme ali realizada.

Liliana Navarra dá como exemplo "Afirma Pereira", que leva o visitante ao Convento dos Cardaes, junto ao Príncipe Real, à Casa do Alentejo, ao Chiado e ao Bairro Alto.

Segundo a responsável, este percurso demorou dois meses a ser estruturado, tendo em conta as especificidades toponímicas da cidade, o perfil dos visitantes, os detalhes relacionados com os filmes e os pormenores históricos de cada local a visitar.

No caso de "Filme do Desassossego", o percurso inclui a Praça do Comércio, a Rua Augusta e o Rossio.

Para abril está previsto um percurso dedicado aos 40 anos da revolução de abril, a partir do filme "Capitães de abril", de Maria de Medeiros. Está ainda a ser planeado um percurso que relaciona o fado com o cinema.

Liliana Navarra pondera ampliar a área geográfica para lá de Lisboa, incluindo por exemplo Sintra, onde foram rodados filmes como "O estado das coisas", de Wim Wenders, e "A nona porta", de Roman Polanski.

O Lisbon Movie Tour deverá incluir no futuro visitas específicas para pessoas com mobilidade reduzida, estando fechar acordo para a criação de um percurso para surdos neste momento.

É desejo da organização ampliar-se. "Não nos queremos fechar nos passeios", disse Navarra, por isso, têm sido realizados encontros com Universidades e outras entidades para desenvolver workshops e palestras dedicadas a filmes turísticos.

O lado social é, assim, outro dos interesses do Lisbon Movie Tour que para além de desenvolver os tais percursos para pessoas com mobilidade reduzida, pretende sempre aliar-se a iniciativas de solidariedade, como no caso do Convento dos Cardaes. Local escolhido para a apresentação do projeto não só devido ao filme "Afirma Pereira" mas, também, devido ao trabalho social que ali realizam as irmãs.

"Estamos muito felizes com a parceria. Todos damos e todos recebemos. Venham visitar-nos!", afirmou a Irmã Ana Maria Vieira que aproveitou a ocasião para relembrar que o convento aceita voluntários.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG