Sérgio Tréfaut contorna situação "desastrosa" no cinema

O realizador Sérgio Tréfaut vai iniciar nos próximos meses a rodagem de um documentário de longa-metragem sobre o "cante" alentejano, numa altura "desastrosa" para o cinema português, por falta de apoios.

Falando à Lusa à margem da exibição, pela primeira vez, nos Estados Unidos, do seu filme "Viagem a Portugal", no Centro de Estudos e Cultura Portuguesa da Universidade de Massachusetts, o realizador afirmou que o novo filme parte da iniciativa de elevação do cante alentejano a património da humanidade, e irá chamar-se "Alentejo, Alentejo".

Na origem, o "cante" acompanhava a jornada laboral de camponeses e mineiros, e sobreviveu "numa realidade mais de espetáculo, mais organizada", com concertos "todos os fins de semana" na região e mais de 150 grupos ativos.

A rodagem do documentário terá início no inverno e o contrato prevê que esteja pronto na primavera de 2013, afirmou.

Outros trabalhos em curso, não diretamente relacionados com a imigração, ao contrário de "Viagem a Portugal" ou "Lisboetas", incluem um filme com uma sobrevivente do campo de concentração nazi de Auschwitz, um outro sobre a "herança" do escritor Stefan Zweig no Brasil, e ainda um sobre o Iraque.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG