Reveladas as curtas pré-nomeadas aos Prémios Sophia

As curtas-metragens pré-nomeadas para os prémios Sophia 2013 foram reveladas numa nova lista da Academia Portuguesa de Cinema, após sucessivas alterações da data para a primeira cerimónia, que ocorrerá em setembro.

As curtas, que se inserem nas categorias de ficção, documentário e animação, serão submetidas a votação por correspondência pelos membros da Academia, para depois serem anunciados os quatro nomeados nas diferentes categorias. Após este anúncio, será iniciada uma nova votação, que resultará no anúncio dos vencedores na Gala da Academia, que terá lugar a 29 de setembro.

A ficção conta com 10 curtas-metragens: A mesa ferida, de Marcos Barbosa; Cerro Negro, de João Salaviza; Land of my Dreams, de Yann Gonzalez; Luz da manhã, de Cláudia Varejão; O dia mais feliz da tua vida, de Adriano Luz; O facínora, de Paulo Abreu; O que arde cura, de João Rui Guerra da Mata; O Reino, de Paulo Castilho; Nylon da minha aldeia, de Possidónio Cachapa; e Sob, de Nuno Prudêncio.

Já a categoria documentário recebeseis curtas-metragens: A Comunidade, de Salomé Lamas; A luz da terra antiga, de Luís Oliveira Santos; A rua da estrada, de Graça Castanheira; Raúl Brandão Era Um Grande Escritor, de João Canijo; El Cartero, de Cláudia Alves e, por fim, Johnson, de Nuno Cibrão.

Por último, a animação junta oito curtas: A ria, a água, o homem..., de Manuel Matos Barbosa; Do céu e da terra, de Isabel Aboim Inglez; Kali, o pequeno vampiro, de Regina Pessoa; Lágrimas de um palhaço, de Cláudio Sá; Mulher Sombra, de Joana Imaginário; My music, de Tiago Albuquerque e João Bráz; Sanguetinta, de Filipe Abranches; e Sem Querer, de João Fazenda.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG