Realizador Michael Moore celebrou o 1.º de Maio em Lisboa

O realizador norte-americano Michael Moore esteve na Alameda D. Afonso Henriques, em Lisboa, a participar na manifestação do 1 de Maio. Moore está em Portugal a realizar um documentário.

O autor de filmes como Bowling For Columbine (2002) - sobre o massacre no liceu Columbine - Fahreneit 9/11 (2004) - um olhar muito crítico à presidência de George W. Bush - ou Capitalism: A Love Story (2009) - sobre a crise financeira global - é conhecido pelas suas posições liberais e por gostar de uma boa polémica.

Neste momento Michael Moore encontra-se em Portugal a rodar mais documentário. O realizador Reza Hajipour encontrou-o ontem, perto de Sete Rios, e reconheceu-o imediatamente. "É um dos meus realizadores preferidos. Vi logo que era ele", contou ao DN. Na sua página de Facebook, Hajipour colocou uma fotografia com Moore explicando que o americano se encontra em Portugal esta semana e que depois prosseguirá para outros países europeus. "Os filmes dele estão sempre envoltos em muito segredo", explicou Hajipour.

Michael Moore esteve na manifestação do Dia do Trabalhador na alameda universitária de Lisboa e também não passou despercebido. Descoberto pelos jornalistas, logo alguém lhe deu um cravo para pôr ao peito e até Arménio Carlos, lider da CGTP, foi conversar com ele.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG