Indie Lisboa celebra a revolução

'Mudar de vida', documentário sobre José Mario Branco, a comédia franco-luso-suíça 'Les grandes ondes (à l'ouest)' e 'Outra forma de luta' assinalam os 40 anos do 25 de abril no festival Indie Lisboa, que este ano começa na véspera do dia da revolução, a 24.

2014 é o ano do regresso da secção herói independente, dedicada a um cineasta. A francesa Claire Simon é a protagonista deste ano. 'Gare du Nord', ficção realizada no ano passado, é o filme de abertura do festival. Da mesma autora passa ainda o documentário 'Geographie Humaine', também de 2013, documento de pesquisa sobre a vida na estação parisiense, um dos mais movimentados interfaces da Europa.

A realizadora estará em Portugal na apresentação do ciclo dedicado ao seu trabalho, anunciado hoje pelos seus diretores, Miguel valverde e Nuno Sena, no auditório da culturgest, em Lisboa.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG