História do 'remake' de Indiana Jones vai dar filme

Eric Zala e Chris Strompolos tinham apenas 11 anos quando começaram a refazer o filme "Os Salteadores da Arca Perdida", que hoje é considerado "o melhor filme feito por fãs de sempre". A sua história deverá vir a ser contada em filme.

Apresentação do livro sobre o filme de fãs de Indiana Jones que está prestes a ser adaptado para cinema

Lançado em 1981, o filme de Steven Spielberg que marca a estreia de Indiana Jones no cinema, "Os Salteadores da Arca Perdida", foi um enorme sucesso de bilheteira e conseguiu ganhar vários fãs em todo o mundo. Mas poucos terão gostado tanto da película como Eric Zala e Chris Strompolos que, em 1982 e com apenas 11 anos de idade, resolveram refazer todo o filme com um orçamento minúsculo e pouca tecnologia.

O filme original teve um orçamento de 18 milhões de dólares, enquanto que para fazer o 'remake' foram necessários cerca de 5 mil dólares. Foi apenas sete anos depois, em 1989 e já com 18 anos de idade, que Zala e Strompolos conseguiram concluir o seu filme.

Veja 10 minutos (sem áudio) do filme:

Na altura, o 'fan movie' foi admirado apenas pelos familiares e amigos dos jovens e permaneceu incógnito até 2002, quando o produtor Eli Roth o redescobriu. Começou então a ser exibido para outros públicos, tornando-se um sucesso e começou até a ser chamado de "o melhor filme feito por fãs de sempre".

O próprio Steven Spielberg viu a adaptação e ficou surpreendido, tendo escrito uma carta para os já adultos Strompolos e Zala a afirmar que o filme era uma inspiração e uma grande conquista, como conta hoje a edição online do jornal britânico Daily Mail. No ano de 2004, os direitos do filme foram vendidos.

Em 2012, saiu o livro "Raiders!: The story of the Greatest Fan Film Ever Made" de Alan Eisenstock, que conta a história da produção do 'remake'. E é neste livro que o realizador Jeremy Coon está a inspirar-se para fazer um filme sobre a criação do filme.

Para o projeto avançar, Coon pensa que será necessária a permissão de Steven Spielberg e do escritor George Lucas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG