"Cartas de Guerra" são "grande momento para Portugal"

Primeiro ministro esteve na estreia do filme de Ivo Ferreira no Festival de Cinema de Berlim

O primeiro-ministro, António Costa, disse hoje, durante a estreia mundial do filme "Cartas da Guerra", em Berlim, que "a adaptação que Ivo Ferreira fez de uma notável obra da nossa literatura é um grande momento para Portugal".

A longa-metragem "Cartas da Guerra", de Ivo M. Ferreira, inspirou-se no livro "D'este viver aqui neste papel descripto - Cartas de guerra", que inclui as cartas que António Lobo Antunes escreveu à primeira mulher durante o tempo em que serviu no exército na guerra colonial em Angola, de 1971 a 1973.

António Costa sublinhou que estar presente no Festival de Cinema de Berlim no ano em que Portugal regista a "maior representação de sempre", com oito filmes, três dos quais em competição, é um "dever do Estado".

"É importante ajudar a valorizar a nossa criação e produção. Onde está Portugal, é dever do Estado estar e apoiar", declarou o primeiro-ministro à agência Lusa na capital alemã.

O ministro da Cultura, João Soares, também esteve presente na estreia da longa-metragem, que compete pelo Urso de Ouro no festival Berlinale, e assegurou que o novo executivo tem "uma sensibilidade diferente em relação às questões da cultura e, nomeadamente, em relação à área do cinema", acrescentando que "a generalidade dos produtores, atores e realizadores o reconhecem".

"Cartas da Guerra", produzido por O Som e a Fúria, conta com um elenco de mais de 40 atores, entre os quais Miguel Nunes (no papel de Lobo Antunes), Margarida Vila-Nova (Maria José), Ricardo Pereira, João Pedro Vaz e Simão Cayatte.

Esta é a terceira longa-metragem de Ivo M. Ferreira e deverá estrear-se nos cinemas portugueses no segundo semestre deste ano.

Ivo M. Ferreira é autor das longas-metragens "Águas mil" (2009) e "Em volta" (2002).

Além de "Cartas da Guerra", a competição integra ainda as curtas-metragens "Balada de um Batráquio", de Leonor Teles, e "Freud und Friends", de Gabriel Abrantes.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG