Museu Berardo teve um milhão de visitas em 12 meses

O Museu Colecção Berardo recebeu um milhão de visitantes nos últimos 12 meses, quase o dobro registado no período homólogo anterior, disse fonte do museu instalado no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.


O museu foi inaugurado a 25 de junho de 2007 para acolher a colecção de arte moderna e contemporânea do coleccionador e empresário José Berardo sob a gestão de uma fundação também com participação do Estado, instituída um ano antes. Em junho deste ano, quando completou o terceiro aniversário, tinham entrado no museu, desde a abertura, dois milhões de visitantes em 37 exposições apresentadas.

Ainda segundo os números anunciados hoje pelo Museu Berardo, nos últimos doze meses deram entrada no museu exactamente 1 001 320 visitantes, enquanto que no período homólogo anterior ascenderam a 632 190. Assente num acervo inicial de 862 obras do comendador madeirense cedido em regime de comodato até 2016, a fundação adquiriu entretanto mais de 200 obras de arte de artistas portugueses e estrangeiros.

Entre as exposições com mais público, todas de entrada livre, destaca-se, nos últimos 12 meses, a mostra antológica "Sem Rede", de Joana Vasconcelos, com 170 mil visitantes, uma das mais visitadas em Portugal e a mais procurada pelo público do museu. Atualmente, o museu acolhe as exposições da Trienal de Arquitetura de Lisboa "Falemos de Casas: Entre o Norte e o Sul", até 16 de Janeiro de 2011, "A Culpa não é Minha - Obras da Colecção António Cachola", até 09 de Janeiro de 2011, e "Warhol TV", até 14 de Novembro.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG