Liz Taylor de Andy Warhol vendido por 45,4 ME

Um retrato da actriz Elizabeth Taylor por Andy Warhol foi vendido por 45,4 milhões de euros, informou hoje a leiloeira Phillips de Pury & Company, citada pela EFE.

A empresa revelou que vendeu "Men in her life" (1962), uma composição a preto e branco a partir de retratos da actriz com alguns homens da sua vida como Mike Todd ou Eddie Fisher, por 45,4 milhões de euros (63,3 milhões de dólares). Esta é a segunda obra mais cara do artista pop jamais vendida, depois de "Green Car Crash (Green Burning Car I)" (1963), vendida por 51,4 milhões de euros há três anos.

A Phillips de Pury & Company, que tinha avaliado a peça de Warhol (1928-1987) entre 28,7 e 35,8 milhões de euros, obteve neste leilão mais de 98,1 milhões de euros, conseguindo compradores para a quase totalidade dos 59 lotes à venda.

"Two figures, Indian" (1979) do artista pop norte-americano Roy Lichtenstein (1923-1997) foi vendido por 2,7 milhões de euros e "Miss ko2", uma escultura do japonês Takashi Murakami, atingiu os 4,9 milhões.

Nove artistas atingiram preços recorde

No leilão foram atingidos preços recorde para nove artistas entre os quais o cubano Félix González-Torres (1957-1996) com "Untitled (Portrait of Marcel Brient)" (1992), que chegou aos 3,2 milhões. Um autorretrato de Jean-Michel Basquiat (1960-1988) atingiu também os 3,2 milhões de euros e uma fotografia de Cindy Sherman - "Untitled 153" - foi vendida por 1,9 milhões.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG