Secretário de Estado da Cultura: Pritzker para Souto de Moura "é uma alegria para Portugal"

O Prémio Pritzker hoje atribuído ao arquitecto Souto de Moura "é o reconhecimento da criatividade da arquitectura contemporânea portuguesa e uma enorme alegria para Portugal", disse o secretário de Estado da Cultura.

Elísio Summavielle disse à Lusa que a "arquitectura actual portuguesa já é uma referência a nível internacional". O galardão norte-americano é considerado o Nobel da arquitectura e tem um valor monetário superior a 70 mil euros. "Quando vamos lá fora não são só os nossos grandes futebolistas que são conhecidos. Também temos arquitectos famosos e que estão no mapa internacional, e o Eduardo Elísio Souto de Moura é um deles", sublinhou. O secretário de Estado fez questão de salientar que Souto de Moura "é um homem com uma sensibilidade especial para as questões patrimoniais" e neste sentido referiu a intervenção que fez no antigo convento de Santa Maria do Bouro.

A pousada de Santa Maria do Bouro "é um exemplo como é possível o contemporâneo conviver com o antigo e há uma arquitectura monumental em muitas das suas obras que no futuro serão assinaladas como património arquitetónico nacional", afirmou. Entre as várias obras de Souto Moura, Summavielle citou a Casa das Histórias, em Cascais, que "marcou o mapa cultural e das artes na área metropolitana de Lisboa", a Torre de Burgo, na avenida da Boavista, no Porto, que "é um elemento interessantíssimo de arquitectura atual" e o "belíssimo estádio" de Braga que foi distinguido com um Prémio Secil.

O governante referiu "o especial afecto pelo arquitecto Souto de Moura" na medida em que a sua primeira obra foi para o Ministério da Cultura, nomeadamente a Casa da Cultura, nas traseiras do Palácio Allen, no Porto. Eduardo Souto de Moura "é um homem de grande qualidade que só qualifica a nossa paisagem urbana e visual", rematou Elísio Summavielle. Souto de Moura é o segundo português a vencer este prémio, depois de Álvaro Siza Vieira, em 1992. Eduardo Souto de Moura, de 58 anos, nasceu no Porto e iniciou a sua carreira colaborando com o arquitecto Álvaro Siza Vieira, entre 1974 e 1979.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG