Prémios Construir para Casa das Histórias Paula Rego

A Casa das Histórias Paula Rego, instalada num edifício da autoria de Eduardo Souto Moura, em Cascais, foi distinguida com os Prémios Construir 2010 nas categorias de melhor projecto público de arquitectura e de engenharia.

Os Prémios Construir são atribuídos anualmente pelo jornal Construir, do grupo Workmedia, elegendo os projectos que mais se destacaram nas categorias de arquitectura, engenharia, construção e imobiliário.

Inaugurado a 18 de Setembro de 2009 pelo Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, o museu, criado em conjunto pela Fundação Paula Rego e a câmara municipal de Cascais, passou a acolher um acervo com cerca de quatro centenas de obras da pintora portuguesa de 74 anos radicada em Londres.

Contactada pela agência Lusa, Filipa Sanchez, do gabinete de comunicação da Casa das Histórias Paula Rego, explicou que o prémio, entregue a 28 de Junho, tem em conta personalidades, empresas e trabalhos do sector e é o resultado de uma selecção do jornal, dos seus subscritores e de um grupo de arquitectos conceituados.

Questionada sobre a afluência de público nos dez meses de vida do museu, a responsável indicou que desde Setembro a Casa das Histórias foi visitada por mais de 150 mil pessoas.

Referiu ainda que a actual exposição permanente só não foi visitável 'durante uma semana porque as salas tiveram de ser encerradas para resolver um problema de climatização'.

'Mas o museu manteve-se sempre aberto ao público, nomeadamente com o serviço educativo, a loja e a cafetaria a funcionar', indicou ainda à Lusa.

Sobre as próximas exposições na Casa das Histórias, Filipa Sanchez adiantou que em Setembro, quando o museu completa um ano, será inaugurada uma nova exposição de homenagem ao artista Victor Willing (1928-1988), que foi marido de Paula Rego.

Actualmente continua patente ao público a exposição com obras criadas pela conceituada pintora ao longo dos últimos vinte anos, desde as icónicas 'A Filha do Polícia' e a série 'As Avestruzes Bailarinas', bem como dezenas de trabalhos em desenho, gravura e litografia.

O projecto museológico inicial foi desenvolvido por Dalila Rodrigues, antiga directora do Museu Nacional de Arte Antiga, que acabaria por sair devido a divergências com a fundação, tendo sido substituída pela curadora Helena de Freitas, actual directora.

Entre os finalistas aos Prémios Construir 2010 nas categorias atribuídas à Casa das Histórias estavam o Museu de Arquitectura Fundação Insel Hombroich (Álvaro Siza Vieira e Rudolf Finsterwalder), o Museu de Arte e Arqueologia de Foz Côa (Camilo Rebelo e Tiago Pimentel) e a Ponte Pedonal na Covilhã (João Luís Carrilho da Graça).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG