Arma de J.R.R. Tolkien em exposição

Um revólver que pertenceu ao autor da trilogia 'O Senhor dos Anéis' está presentemente em exposição no Imperial War Museum em Manchester

O revólver data da altura em que Tolkien combateu na Batalha do Somme, batalha na qual mais de um milhão de pessoas foram mortas, durante a Primeira Guerra Mundial.

O autor serviu o 11.º Batalhão dos Fuzileiros de Lancashaire durante quatro meses em 1916 até adoecer e ser enviado para um hospital em Birmingham, ficando incapacitado para participar no resto da guerra. Foi nessa altura que Tolkien começou a esboçar as suas ideias para o mundo de 'O Senhor dos Anéis' e 'O Hobbit', obras que o autor admite poderem ter sido influenciadas pelo tempo que passou nas trincheiras.

Segundo o jornal britânico The Guardian, a arma foi doada ao Imperial War Museum em 1966 pela família de J.R.R. Tolkien, tornando-se agora no primeiro artefacto de uma exposição que irá marcar o centenário da Primeira Guerra Mundial.

A exposição da arma coincide com o lançamento do mais recente filme baseado na obra de Tokien, 'O Hobbit: A Desolação de Smaug'.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG