A guitarra de Elvis Presley e as letras de Jimi Hendrix e John Lennon foram a leilão

A guitarra que o pai ofereceu ao "Rei" foi vendida por 334 mil dólares. O primeiro piano de Lady Gaga falhou a venda

Entre os 85 objetos pertencentes a Elvis Presley que neste sábado foram a leilão, a estrela foi a sua guitarra Gibson Dove, de 1969, oferecida pelo pai do músico quanto este recebeu o cinturão negro no karaté (como comprova o emblema de kenpo karaté na guitarra preta).

Durante um concerto em 1975, Elvis deu a guitarra a um fã na plateia e terá sido ele, que a manteve até aqui, que ontem a vendeu no leilão Music Icons, da leiloeira Julien's Auctions, por 334 mil dólares (298 mil euros).

Outros dos destaques do leilão foram o casaco que Madonna usou no filme Desperately Seeking Susan (1985), vendido por 87 500 dólares, a letra da canção Being for the Benefit of Mr. Kite! - do álbum dos Beatles Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band (1967) - escrita à mão pela próprio John Lennon, vendida por 354 500 dólares, o famoso casaco que Michael Jackson usou na digressão Beat It, vendido por 256 mil dólares, ou as letras de Room Full of Mirrors e Shame Shame Shame escritas por Jimi Hendrix e vendidas por 62 600 dólares.

Outra das vendas que mais atenção chamou foi a de uma carta de Kurt Cobain a David Geffen sobre a possibilidade do fim dos Nirvana, devido a um artigo publicado em 1992 na revista Vanity Fair, acusando o músico e a sua mulher Courtney Love de consumirem drogas durante a gravidez dela.

O martelo fez-se ouvir ainda quando outros objetos pertencentes a Presley, David Bowie, Frank Sinatra ou Johnny Cash foram arrematados.

Um dos objetos que falhou a venda no leilão que decorreu no Hard Rock Café de Nova Iorque foi o primeiro piano de Lady Gaga, onde esta escreveu a sua primeira canção, aos cinco anos, avaliado em cem mil dólares.

Mais Notícias