Route 118. Uma outra maneira de saborear os vinhos do Tejo
Exclusivo

viver

Route 118. Uma outra maneira de saborear os vinhos do Tejo

Pela margem do Tejo, entre a Companhia das Lezírias e o Tramagal, 14 produtores mostram os seus vinhos, vinhas, adegas e o que torna única esta zona.

A EN118 é antiga, une Marvão ao estuário do Tejo (e vice-versa), e nasceu para servir de marginal ao rio. Por estes dias, um percurso ganha especial protagonismo: os 150 quilómetros que vão do Tramagal à Companhia das Lezírias (e vice-versa), morada de 14 produtores de vinho da Route 118.

As vindimas, que decorrem em todo o país, foram só uma desculpa para a apresentação do projeto, em fermentação na Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo), e em parceria com o Turismo do Ribatejo e Alentejo, desde antes da pandemia. Concretiza-se por fim, como explica ao DN o seu diretor-geral, João Silvestre, que é também o presidente da Rota dos Vinhos do Tejo.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG