Porque é que as garrafas de vinho têm 75 centilitros e não um litro?

Existem várias teorias, mas a mais generalizada é a que dura desde o século XIX, para tornar mais fácil um ajuste de medidas entre franceses (que já utilizavam o litro) e os ingleses (galão).

Já pensou porque é que as garrafas de vinho têm uma capacidade de 75 centilitros e não de um litro, como é regra geral entre os refrigerantes e outras bebidas? Há quem defenda que é o tamanho ideal para o consumo de duas pessoas, outros dizem que é melhor para conservar o vinho em perfeitas condições e há ainda várias outras teorias, como a que defende que é devido à capacidade pulmonar dos sopradores de vidro.

Mas há uma outra explicação. De acordo com os enólogos de Bodegas LAN, nome que representa as iniciais das regiões espanholas Logroño (hoje La Rioja), Álava e Navarra, a teoria certa é a que dura desde a Europa medieval. "Naqueles tempos, a medida utilizada para o comércio internacional era o galão inglês. Tendo essa medida como base, chegou-se à conclusão de que a sexta parte do galão inglês, 750 mililitros, era o tamanho ideal para o transporte e armazenamento das garrafas", asseguram responsáveis da Bodegas LAN, citados pelo jornal espanhol ABC.

Esta é de facto a possibilidade mais aceite, e que remete para os tempos do comércio entre França e Inglaterra no século XIX. Na prática trata-se de um ajuste de medidas. Os franceses naquela altura já utilizavam o litro como medida, enquanto os ingleses utilizavam o galão imperial (equivale a 4,54609 litro).

Como na altura os vinhos eram transportados sobretudo da região de Bordéus em barris de 225 litros (mais ou menos 50 galões), para as contas serem mais fáceis de fazer, os comerciantes escolheram uma garrafa de 75 centilitros (ou 750 mililitros), pois assim os 225 litros correspondiam precisamente a 300 garrafas com a capacidade de 0,75 litros.

Certo é que esta a medida ficou e foi generalizada. E mesmo as meias garrafas vendidas em supermercados ou restaurantes, são precisamente metade de 75 centilitros. E as garrafas magnum (1,5 litros) o dobro.

Hoje em dia já existem outros tamanhos de garrafa de vinho - 1,5 litros, três litros, 4,5 litros, seis, nove, 12 e até 18 litros. A primeira, de 1,5 litros, é de acordo com alguns especialistas a que melhor conserva o vinho. Mas também aqui as opiniões dividem-se...

atualizado no dia 11 novembro, às 19.09

Mais Notícias