sondagens

Sondagens

Quase 40% da direita aceitaria uma alternativa

Segundo os resultados de uma sondagem da Universidade Católica, publicada em Junho no DN, não será por falta de espaço que não haverá um candidato a disputar com Cavaco os votos à direita nas presidenciais. Uma candidatura alternativa era vista com bons olhos por quase metade do eleitorado do CDS e perto de um terço do social-democrata. Por outro lado, noutra sondagem recente do Expresso/SIC/Rádio Renascença, Santana Lopes era a personalidade mais bem colocada para avançar com candidatura alternativa, com o apoio de um quarto dos inquiridos. Era seguido por outro ex-líder do CDS, Adriano Moreira (23,5%), por Paulo Portas (10,8%) e por Bagão Félix (9,8%).