Saúde

Opinião

Nove meses depois... está tudo pior

Abril, maio, junho, julho, agosto, setembro, outubro, novembro, dezembro. Nove meses depois da primeira explosão de casos - uma fração dos atuais números de contágios, internamentos e mortes por covid -, a discussão é exatamente a mesma. Fecha-se tudo ou não - e chega fechar? Os hospitais estão a rebentar pelas costuras - porque não há uma resposta integrada na saúde que conte com todos os atores, públicos, privados e setor social? Não há controlo sobre os focos de contágio e é essa a forma de travar os números.