Rute Agulhas

Rute Agulhas

"Pai/mãe, não quero que namores!"

Após uma separação ou divórcio, é natural que os pais encontrem outras pessoas com quem se sentem felizes e com quem se imaginam a manter um relacionamento afectivo. O que é diferente de «refazer» a sua vida pois, ao dizê-lo desta forma, estão a assumir que, até então, a sua vida estava «desfeita». Não, não estava. Apenas não mantinham um relacionamento afectivo. E saber estar só, sem sentir solidão, é algo fantástico que poucas pessoas conseguem experienciar.