Pedro Tadeu

Pedro Tadeu

O PCP apagou a Coreia do Norte?

A discussão à volta do XXI Congresso do PCP tem três grandes matérias: a realização da iniciativa durante o estado de emergência, a eleição das pessoas que vão dirigir o partido e o texto da Resolução Política. Ao fim de um dia de trabalhos, constato que o primeiro assunto parece que só interessa a quem está fora do PCP. Para os comunistas é apenas um bom pretexto para reclamar independência nas ideias e na ação e apontar motivos de perseguição política.

Opinião

Vamos pagar 4 mil milhões por ano à NATO?

Quando saiu da reunião da NATO, dominada pela exigência do presidente dos Estados Unidos da América aos outros países membros de chegarem a um valor de despesa com a defesa de 2% do PIB, (e, a médio prazo, de fazerem subir esse valor para 4%), o primeiro-ministro português explicou que o seu governo entregara uma proposta para satisfazer essa pretensão, dependente da obtenção de fundos comunitários e presumindo o investimento dessas quantias em áreas benéficas para a economia nacional.

Opinião

Do que precisou Cristiano Ronaldo para ser lenda do futebol?

Uma lenda do futebol conquistou esse estatuto por ser um homem que burilou um carácter obsessivamente competitivo, egocêntrico e egoísta. Uma lenda do futebol não pode perder uma oportunidade para brilhar, para demonstrar o seu génio, a sua indispensabilidade, a sua superioridade, a sua originalidade, o seu protagonismo. Uma lenda do futebol é um indivíduo individualista, patológico numa forma de desespero ansiosa, sempre à espera do delírio regenerador da multidão.