ordem dos médicos

Guerra na Ucrânia

“É mandatório cordão humanitário para tratar quem está na Ucrânia”

Ordem dos Médicos criou um Gabinete de Apoio Humanitário com destino aos refugiados e a quem necessitar de ajuda no terreno. Bastonário disse ao DN haver médicos portugueses, ucranianos e russos disponíveis para este gabinete e que os ministérios da Saúde e dos Negócios Estrangeiros já sabem que poderão contar com esta ajuda.