Novidades literárias

"As Duas Faces de Salazar" é o novo livro de Rui Carvalheira

Rui Carvalheira

"A extrema-direita veicula o caos para se legitimar como Salazar"

Mais do que em qualquer outro momento da história de Portugal, a investigação As Duas Faces de Salazar encaixa no tempo. Para Rui Carvalheira, «se queremos manter a liberdade de que hoje beneficiamos, há que impedir o recrudescimento de regimes extremistas e autoritários que nos deixam a todos sob a ameaça da arbitrariedade e do abuso de poder». Outras novidades: O Sem Pavor de António da Costa Neves e Conferências e Discursos de Albert Camus.

Novidades literárias

As melhores biografias, memórias e diários para este Natal

Seria possível imaginar que Barack Obama e Bruce Springsteen conversassem durante horas? Que após mais do que uma tentativa, Philip Roth tivesse uma biografia? Que Napoleão ainda seduza leitores? Reescrever as vidas de Estaline e de Hitler? Ter o testemunho de Ai Weiwei em primeira mão? Recordar os bocados de tempo que fizeram a vida de Jorge Amado? A resposta é sim, a todas estas figuras que decidiram passar-se a livro e deixar-se conhecer melhor e que neste Natal chegam às livrarias

Miguel Sousa Tavares

"Assistimos a profunda cobardia à conta da pandemia"

O personagem principal do novo romance de Miguel Sousa Tavares recusa ser um "estorvo" só porque é velho. O retrato de um crime social a que se assistiu há poucos meses em Portugal e noutros países, quando as autoridades puseram os idosos fora da lista dos prioritários para a vacinação em nome de uma eutanásia etária. Um personagem que já vivera a Guerra Civil espanhola e estivera nos campos de concentração alemães, tragédias a que sobreviveu.

Exclusivo

Entrevista a Laurentino Gomes

"Existe ainda hoje no Brasil uma história de demonização de Portugal"

O autor de três livros sobre a história do Brasil acabou de lançar o segundo volume de uma investigação sobre a escravidão enquanto aos leitores portugueses chega o primeiro. Nega que tenha havido um "genocídio negro" no Brasil, mas já aceita que existiu e existe um genocídio cultural e um apagamento da herança africana no país. Garante que "não se vai ver o país sonhado se não se enfrentar a herança da escravidão".

Exclusivo

Entrevista a Tom Gallagher

"Políticos temem um renascimento do interesse por Salazar"

Tom Gallagher, autor da segunda biografia sobre Salazar, considera que deve-se à falta de prestígio da classe política portuguesa a incapacidade para controlar a narrativa do antigo presidente do Conselho e a sua influência. Surpreende-o que o tema da corrupção no anterior regime nunca tenha interessado aos académicos, nem mesmo àqueles que são críticos do Estado Novo.