gás lacrimogéneo

Polícia usa gás lacrimogéneo contra manifestantes durante protestos em Washington

Amnistia Internacional

"Gás lacrimogéneo é uma forma de tortura quando usado indevidamente"

A pouca regulamentação e transparência no comércio global de gás lacrimogéneo está a ser o combustível de violações dos direitos humanos levadas a cabo pelas forças de segurança a uma escala mundial contra manifestações e manifestantes pacíficos. A denúncia é da Amnistia Internacional, que lança hoje um site em que são analisados e apresentados os maus usos e abusos em todo o mundo desta "arma de controlo de tumultos".