Eutanásia

Opinião

Morte religiosamente assistida deixa de ser obrigatória

Portugal está em vias de passar a ter a morte medicamente assistida como opção à, até agora obrigatória, morte religiosamente assistida. Como vão ficar sem o monopólio, numa hipocrisia sem tamanho, os que não querem a eutanásia por motivos religiosos queriam um referendo, mas só estariam disponíveis para aceitar o resultado desse referendo se o povo votasse maioritariamente contra a eutanásia. Um dogma é um dogma e nenhuma igreja deixa que os seus fiéis se juntem aos infiéis para decidir o contrário do que é suposto ter Deus decidido em nome de todos.

Premium

Debate esta quinta-feira

Eutanásia: penalizações disciplinares a médicos serão ineficazes

Se um dos projetos sobre a despenalização da eutanásia e do suicídio assistido for aprovado nesta tarde no Parlamento, os médicos estarão sempre numa posição de incumprimento: ou da lei civil ou do Código Deontológico. Uma coisa é certa, a penalização disciplinar não terá um efeito eficaz. "Qualquer tribunal ilibará o médico que praticar eutanásia. Está na lei."