Emigrantes

Pandemia deixa milhares de emigrantes nos países de acolhimento

Agosto (s)em Portugal: a saudade aumentada dos que não vêm de férias

Há milhares de emigrantes portugueses que este ano não vêm de férias a Portugal, devido à pandemia. A maioria fá-lo por receio do contacto com os mais velhos, mas há outras motivações: a perda de rendimento ou a pressão dos patrões para a eventualidade de uma quarentena - não paga. A secretária de Estado das Comunidades diz ao DN que no final de agosto o Governo já deve ter esses números, cruzando vários dados, como os das operadoras telefónicas