Bota de ouro

filho

Bebé continua com a avó Dolores Aveiro

? Desde que o futebolista saiu da mansão em Vilamoura, para passar uns dias fora de Portugal, o pequeno Cristiano Ronaldo Júnior continua longe do pai. O avançado do Real Madrid deixou-o aos cuidados da família quando saiu na madrugada de sábado. Agora, regressado da viagem, CR9 não encontra o filhote em casa. Dolores Aveiro saiu do Algarve na segunda-feira e levava o "ovo" [cadeirinha para bebés ] onde o filho do craque, com um mês, costuma estar. Até ao momento parece não ter voltado.

imagem

Tablóides mostram suposto filho de CR9

? Os jornais britânicos The Sun e Daily Mail divulgaram ontem uma fotografia que dizem ser a primeira de Cristiano Ronaldo Júnior. A imagem foi captada na segunda-feira à tarde durante a viagem que Dolores Aveiro e o companheiro, José Andrade, fizeram de Lisboa para a Moita, onde então se encontrava CR9 vindo de Nova Iorque. Só que, tal como o DN já havia referido ontem, a criança em questão não é o filho do jogador. Trata-se, isso sim, de... Cristiana, sobrinha de Ronaldo. Quem o garante é a irmã do jogador, Kátia Aveiro, que acrescenta ainda que a família só vai passear CR Júnior quando a imprensa abandonar "a porta da casa" algarvia. E o certo é que basta olhar para a foto publicada em Inglaterra para se perceber que este bebé é demasiado crescido para ter apenas três semanas de vida.

Paparazzi

Ronaldo lamenta agressão mas diz-se perseguido

Cristiano Ronaldo confirmou uma discussão com um paparazzi no último domingo e da qual se registou uma queixa na PSP. O jogador, contudo, diz-se alvo de "uma perseguição e chantagem de um indivíduo, que não é seu fã, mas que o persegue há anos", disse ao DN fonte da Gestifute, entidade que representa o jogador. Segundo o jogador, "esse indivíduo perseguiu-me desde o hotel Ritz até à zona da Expo. Estando eu acompanhado da minha mãe e ele de uma jovem que durante todo o percurso filmou ostensiva e provocatoriamente os nossos gestos. Esta perseguição causou um tal estado de perturbação e de aflição na minha mãe que me vi forçado a parar o meu carro para tentar convencê-los a deixarem-nos em paz", afirmou ao site Gestifute, desculpando-se pelo gesto que cometeu [partiu o vidro do carro do indivíduo]. "(...). Lamento, mas quando é a minha mãe que está em causa, não admito que a molestem (...)", disse, confessando que o paparazzi "tentou vender a gravação à empresa que me representa".