Atlântico

Para Frank Mattheis, China e Rússia são "parceiros essenciais nos mecanismos de governança regional,

Entrevista a Frank Mattheis

"China e Rússia estão a investir em massa no Ártico. Não as torna uma ameaça"

A primeira edição do FLAD Atlantic Security Award, parceria entre o Centro do Atlântico, a Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento e o Instituto da Defesa Nacional, premiou dois projetos com um valor de 40 mil euros. Os vencedores são hoje anunciados através do canal de YouTube da Defesa Nacional numa sessão com abertura da presidente da FLAD, Rita Faden, e encerramento a cargo do ministro da Defesa, João Gomes Cravinho. O DN falou com eles por antecipação. Frank Mattheis, da Universidade das Nações Unidas, venceu com o projeto Mecanismos de Segurança Regional Marítima no Atlântico: Um Estudo Comparativo e responde às nossas perguntas. A outra vencedora é Susana Ferreira, da Universidade Nebrija, distinguida com o projeto A Transformação dos Regimes Fronteiriços no Atlântico. Da Securização a Uma Abordagem Centrada no Sudoeste da Europa.

Circum-navegação

Um barco à frente do seu tempo e uma viagem que não aconteceu

Donald Crowhurst foi um empreendedor, inventor e uma personalidade dotada de carisma. Predicados que, durante meses, valeram a este velejador de fim de semana, nutrir uma história que enganou uma nação. Nos idos de 1969, Inglaterra vibrava com o relato do homem que se prestava a completar uma viagem recorde de circum-navegação do globo por via marítima. Na realidade, Crowhurst nunca deixou as águas do Atlântico. Uma história de fracasso que alimenta o cinema, entre outras artes, há 50 anos.