Portugal tem menos 100 concelhos em risco extremo de infeção

Castanheira de Pêra, Fronteira, Castelo de Vide e São João da Pesqueira são os concelhos de maior risco em Portugal, todos acima dos três mil casos a 14 dias.

Portugal tem esta segunda-feira menos 100 concelhos em risco extremo de infeção face à semana anterior, o que representa uma redução de 54,3%, segundo os dados da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Há uma semana, mais de 70% dos 308 concelhos portugueses estavam em risco extremo devido ao número de casos de covid-19, e hoje apenas 38,6% estão nesta tabela.

Os concelhos com maior risco neste momento são Castanheira de Pêra (3596), Fronteira (3362), Castelo de Vide (3083) e São João da Pesqueira (3032), pois têm todos uma base de incidência cumulativa a 14 dias acima dos três mil casos.

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) hoje divulgado e que reporta a um período de incidência cumulativa a 14 dias entre 27 de janeiro e 9 de fevereiro, estão neste patamar 119 dos 308 concelhos portugueses.

Há uma semana Portugal estavam em risco extremo 219 dos 308 concelhos.

Veja o nível de incidência em todos os concelhos:

Na nota explicativa dos dados por concelhos é referido que a incidência cumulativa "corresponde ao quociente entre o número de novos casos confirmados nos 14 dias anteriores ao momento de análise e a população residente estimada".

Quatro concelhos tiveram zero casos de infeção, todos na Região Autónoma dos Açores: Lajes das Flores, Lajes do Pico, Calheta e S. Roque do Pico.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG