Temido apela ao confinamento: "Assim não há sistema que aguente"

Numa visita ao hospital Garcia de Orta, em Almada, a ministra da Saúde fez um apelo "veemente a todos os portugueses" para que ficassem "em casa" porque o Sistema de Saúde do país está numa "situação extrema, em sobre-esforço"

Marta Temido falava aos jornalistas, à saída de uma visita ao hospital Garcia de Orta, que esgotou todas as camas para doentes covid. A Ministra, com notória preocupação, disse que o Sistema de Saúde e o Serviço Nacional de Saúde (SNS) estão "numa situação extrema, em sobre esforço".

A governante sublinhou que estão a ser acionados "todos os meios disponíveis no paós, quer no SNS, quer nos privados, quer no setor social" mas, frisou, "que há um limite e estamos quase a chegar a esse limite".

Marta Temido fez um apelo "veemente a todos os portugueses" para que ficassem "em casa" porque a continuar assim "não há sistema que aguente", sublinhando, que "não se podem deixar os profissionais de saúde sozinhos".

O presidente do Conselho de Administração do Garcia de Orta refutou que este hospital se encontrasse em situação de "pré-catástrofe", como tem sido noticiado, preferindo utilizar a expressão "pressão acentuada".

Em declarações aos jornalistas, Luís Amaro, reconheceu, porém, que todas as 173 camas covid, das quais 19 em Unidades de Cuidados Intensivos, estavam ocupadas. Uma nova enfermaria de reforço, com mais 33 camas, deverá, segundo este responsável, abrir na próxima semana, logo que seja reforçado o pessoal médico e de enfermagem.

Questionado sobre o que era preciso para chegar a uma situação de "pré-catástrofe", Luís Amaro, assinalou que "só quando não houver capacidade de resposta" e, segundo garantiu, "ainda se está a conseguir dar resposta com a ajuda da Administração Regional de Saúde", designdamente com a transferência de doentes para outras unidades.

Portugal contabilizou hoje 152 mortes relacionadas com a covid-19 nas últimas 24 horas, e 10.385 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG