Covid-19. Mais 690 novos casos e 7 mortes em Portugal

Há 337 pessoas hospitalizadas, menos 20 que no dia anterior. Estão 65 doentes nos cuidados intensivos.

Portugal registou este sábado (2 de outubro) mais 690 novos casos de covid-19. De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral de Saúde há a registar 7 mortes nas últimas 24 horas.

Os dados sobre a situação nos hospitais portugueses mostram que há agora 337 internados (menos 20 por comparação com o dia anterior), dos quais 65 estão em unidades de cuidados intensivos (menos dois).

No total há agora 30 257 casos ativos de covid-19 em Portugal, menos 244 que os registados no boletim anterior.

Em termos de divisão geográfica, Lisboa e Vale do Tejo conta 219 casos, enquanto a região norte contabilizou 190 e o centro 122. No Alentejo houve 79 contágios e no Algarve 47. Quanto às regiões autónomas, os Açores contam 20 novos casos e a Madeira 13.

No que se refere aos óbitos, três ocorreram no Alentejo, dois na região centro, um em Lisboa e Vale do Tejo e o sétimo no Algarve.

Isto numa altura em que o país levanta boa parte das medidas restritivas devidas à pandemia. Segundo as normas divulgadas pela DGS esta sexta-feira o uso obrigatório de máscara deixa de ser a regra generalizada, mas mantém-se em estabelecimentos e serviços de saúde, espaços comerciais e cabeleireiros ou barbeiros.

"Apesar da elevada cobertura vacinal em Portugal e da atual situação epidemiológica suportarem uma estratégia de flexibilização gradual, progressiva e proporcionada das medidas de saúde pública implementadas no contexto pandémico, a utilização de máscaras continua a ser uma importante medida de contenção da infeção, sobretudo em ambientes e populações com maior risco para infeção por SARS-CoV-2", considera a DGS.

De acordo com as orientações divulgadas, o uso de máscara continua também a ser obrigatório nas estruturas residenciais para idosos, unidades da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados, salas de espetáculo, cinemas, salas de congresso e recintos de eventos de natureza corporativa ou recintos improvisados para eventos.

Nos espaços e estabelecimentos comerciais mantém-se o uso de máscara em centros comerciais com área superior a 400 m2.

Nos transportes coletivos de passageiros, incluindo táxis e TVDE há também a obrigação de usar máscaras, o mesmo acontecendo nas Lojas de Cidadão e nos recintos para eventos e celebrações desportivas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG