Conheça o caracol alado que "voa" debaixo de água

Os cientistas acabam de perceber melhor como é que o delicado Limacina Helicina "voa" dentro de água

É um pequeno caracol marítimo, mas move-se mais como uma borboleta ou uma mosca. Um grupo de cientistas norte-americanos acaba de desvendar como se desloca o Limacina Helicina. Num artigo científico publicado na revista Journal of Experimental Biology, a equipa liderada por David Murphy demonstrou como funciona o "voo" subaquático do pequeno animal de apenas 3 milímetros.

O Limacina Helicina é uma espécie de zooplâncton, e desloca-se movendo os apêndices que se assemelham a asas, que batem atrás de si para criar um vórtex que o ajuda a movimentar-se. É o mesmo tipo de técnica usada pelas borboletas, por exemplo, mas estas fazem-no no ar e não na água.

David Murphy explicou à BBC que, quando ele e a sua equipa começaram a estudar o movimento do minúsculo caracol aquático a que chamam "borboleta do mar", esperavam que se movimentasse através de um gesto de "remar", mas concluíram que os seus apêndices funcionam quase exatamente como as asas de insetos. "Parece que é um inseto honorário", disse Murphy.

Os cientistas usaram quatro câmaras para fazer uma medição em três dimensões do movimento do animal quando nada, para analisar o movimento do Limacina Helicina, o que lhes permitiu estudar com muita precisão os gestos do pequeno caracol.

Perceber como esta espécie de zooplâncton se movimenta vai ajudar os cientistas a estudar outros pormenores das suas vidas, como a forma como se reproduzem e alimentam. Estes animais são muito difíceis de estudar em laboratório porque, aparte as suas minúsculas conchas, são muito gelatinosos e frágeis.

Mais Notícias