Autoridades reforçam meios de buscas por mulheres desaparecidas em São Miguel

Durante "o dia de hoje foram encontradas mais peças de roupa e objetos pessoais" nas buscas que decorreram "na ribeira, na costa e no mar", segundo indicou a Proteção Civil dos Açores.

As autoridades vão reforçar, na segunda-feira, os meios de busca pelas duas mulheres que seguiam numa viatura que foi, na sexta-feira, arrastada pela chuva intensa no concelho da Povoação, em São Miguel, disse fonte da Proteção Civil.

As buscas pelas duas mulheres, que decorrem desde sexta-feira, têm envolvido uma corveta da Marinha, as cinco corporações dos bombeiros de São Miguel, o serviço municipal de proteção civil da Povoação, capitania do porto de Ponta Delgada, Polícia Marítima, Associação de Nadadores Salvadores da Costa Norte e PSP.

Uma fonte do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores adiantou esta noite à agência Lusa que as operações que serão retomadas pelas 08:00 locais (09:00 em Lisboa) de segunda-feira "vão contar também com 16 militares do exército, equipas de mergulho dos Bombeiros da Ribeira Grande e Ponta Delgada" e ainda com apoio de "um drone".

As autoridades realizaram hoje pelo terceiro dia consecutivo buscas pelas duas mulheres que seguiam numa viatura da Santa Casa da Misericórdia da Povoação e que estariam a fazer apoio domiciliário.

Durante "o dia de hoje foram encontradas mais peças de roupa e objetos pessoais" nas buscas que decorreram "na ribeira, na costa e no mar", segundo indicou a Proteção Civil dos Açores.

Na segunda-feira as buscas devem decorrer "até às 17:00" e deverão concentrar mais os esforços "na foz da ribeira, zona da praia e orla costeira", ainda de acordo com a Proteção Civil dos Açores.

A viatura onde seguiam as duas mulheres foi localizada na sexta-feira, no fundo de uma ribeira, presa e capotada junto à Povoação, mas não foram avistadas pessoas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG