Autoridades portuguesas resgatam tripulantes à deriva a sudoeste do Algarve

As quatro pessoas encontravam-se a 46 quilómetros do Cabo de São Vicente e não precisaram de assistência médica.

A Força Aérea Portuguesa resgatou no sábado quatro pessoas que se encontravam à deriva a sudoeste do Cabo de São Vicente, no Algarve, tendo todos sido transportados para Faro sem necessitarem de assistência, anunciou este sábado a Marinha.

A Marinha Portuguesa coordenou a operação de socorro, que se realizou a 25 milhas náuticas, cerca de 46 quilómetros, do cabo localizado no extremo sudoeste de Portugal, depois de a embarcação de cinco metros em que seguiam ter ficado à deriva, contextualizou a armada.

Os tripulantes foram resgatados por uma "aeronave EH-101 da Força Aérea Portuguesa", depois de as autoridades terem recebido um alerta, pelas 19.30, através do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa (MRCC Lisboa), precisou a Marinha num comunicado.

Além do helicóptero da Força Aérea, participaram também na operação de resgate dos quatro tripulantes três navios mercantes, referiu a mesma fonte.

A Marinha esclareceu ainda que as vítimas foram transportadas para o aeroporto de Faro, "encontrando-se bem fisicamente e sem necessidade de cuidados médicos diferenciados".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG