2021 é o ano com menor número de incêndios da última década

Segundo o MAI, este ano registaram-se menos 52% de incêndios rurais e menos 72% de área ardida relativamente à média dos últimos 10 anos.

O ano de 2021 regista, até ao momento, o menor número de incêndios e apresenta o segundo valor mais reduzido de área ardida desde 2011, indicou esta terça-feira o Ministério da Administração Interna (MAI).

Numa nota enviada à Lusa, o MAI refere que entre 01 de janeiro e 20 de setembro registaram-se 7.114 incêndios rurais que resultaram em 26.760 hectares (ha) de área ardida, entre povoamentos (8.126 ha), matos (15.817 ha) e agricultura (2.817 ha).

Segundo o MAI, este ano registaram-se menos 52% de incêndios rurais e menos 72% de área ardida relativamente à média dos últimos 10 anos.

"O ano de 2021 apresenta, até ao dia 20 de setembro, o valor mais reduzido em número de incêndios e o segundo valor mais reduzido de área ardida, desde 2011", refere a nota do Ministério tutelado por Eduardo Cabrita.

O MAI indica também que 82% dos fogos que deflagraram até segunda-feira consumiram uma área inferior a um hectare e ocorreram dois incêndios com uma área ardida superior ou igual a 1.000 hectares.

A percentagem de incêndios dominados no ataque inicial (primeiros 90 minutos da ocorrência) situa-se neste momento acima dos 92%, refere ainda a nota.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG