Piada de João Quadros sobre Passos Coelho faz estalar nova polémica

Referência do humorista à mulher de Passos Coelho suscita onda de críticas

O humorista João Quadros está a ser alvo de inúmeras críticas nas redes sociais, depois de ter escrito no Twitter uma frase que, visando Pedro Passos Coelho, faz referência à "cabeça rapada" de Laura Ferreira, a mulher do ex-primeiro-ministro, que sofre de cancro.

"Eu a pensar que só havia uma cabeça rapada em casa do Passos", escreveu o humorista no Twitter, uma frase que suscitou rapidamente dezenas de comentários negativos.

Entre as respostas, houve mesmo ameaças, às quais João Quadros reagiu entretanto: "O melhor disto é como pessoas que estão chocadas e ultrajadas pela piada cabeças rapadas rapidamente passam a desejar a morte do meu filho".

Esta está longe de ser a primeira vez que uma piada de João Quadros, conhecido pelo humor corrosivo, provoca enorme polémica nas redes sociais. Em junho, o próprio explicava ao semanário Expresso os limites do seu humor. "Gosto de ficar do lado dos fracos. (...) Prefiro apontar a essas pessoas [que têm poder] e ser destrutivo com essas pessoas do que fazer dez piadas com aquela mãe que perdeu o filho", disse então. "Para mim não faz sentido ir buscar o lado mais animalesco e pôr as pessoas a rir-se da profunda tragédia dos outros", considerou então João Quadros, dando como exemplo o caso dos pais de Madeleine McCann, a menina desaparecida na Praia da Luz há dez anos.

A frase de João Quadros surge depois do discurso de Pedro Passos Coelho na Festa do Pontal, em que o líder do PSD criticou a nova lei da imigração. Mas o facto de, pelo caminho, fazer referência à mulher do ex-primeiro-ministro, que tem feito tratamentos de quimioterapia devido a um cancro nos ossos, não foi bem recebido, voltando a colocar o humorista no centro de uma onda de críticas.

João Quadros tem cerca de 300 mil seguidores no twitter.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG