Ventura diz que direita está a receber lições à esquerda sobre entendimentos

Líder do Chega falava aos jornalistas antes do jantar-comício em Faro, com cerca de uma centena de simpatizantes e militantes.

O presidente do Chega, André Ventura, afirmou esta tarça-feira que a direita está a receber "lições à esquerda" sobre a necessidade de serem criadas pontes, temendo "uma geringonça de direita morta à nascença".

André Ventura disse que se têm ouvido "partidos à esquerda a dizer que é preciso criar pontes" e que construí-las é "mais importante que destruí-las".

"Nós estamos a receber lições à esquerda de quem não devíamos estar a receber lições", frisou o presidente daquele partido de extrema-direita, que falava aos jornalistas antes do jantar-comício em Faro, com cerca de uma centena de simpatizantes e militantes.

Para André Ventura, à direita, continua-se "sem se saber o que fazer, sem se saber que Governo" haverá após as eleições, com "uns a dizerem com este não, outros a dizerem com aquele não".

"Isto é uma total irresponsabilidade à direita", frisou.

Face à indefinição de entendimentos à direita com o Chega, André Ventura considerou que "pode haver uma geringonça de direita morta à nascença", caso esta vença as eleições de 30 de janeiro.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG