Exclusivo Universidade. Como se faz um líder

Ativista: a vitória dos estudantes na revolta contra a regulamentação da vida associativa e a eleição com Humberto Delgado ajudaram Sampaio a tornar-se dirigente estudantil

O liceu estava concluído. Faltava garantir o acesso ao curso de Direito. Jorge Sampaio conseguiu-o graças a um 11 no exame de aptidão. Quando se inscreveu na Universidade de Lisboa, em setembro de 1956, com 17 anos acabados de fazer, a Faculdade de Direito ainda funcionava no Campo dos Mártires da Pátria, no edifício onde hoje funciona a embaixada alemã.

A vida de universitário trouxe ainda outra mudança à vida do jovem Sampaio: voltou a morar na casa dos pais, em Sintra. O novo inquilino da casa da avó Fernanda, em Campo de Ourique, foi o irmão Daniel, acabado de entrar no Liceu Pedro Nunes. Jorge passou a usar o comboio da Linha de Sintra, exceto nos dias em que conseguia aproveitar a boleia do pai, então já inspetor superior da Saúde, cujo local de trabalho ficava a dois passos da faculdade.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG