Fernando Medina: "Não contratei a minha mulher"

Jornal "i" acusa o autarca de ter nomeado a advogada com quem mantinha uma relação quando era secretário de Estado Adjunto. Medina diz que nem sequer a conhecia e vai processar o jornal.

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa reagiu esta terça-feira à notícia do jornal "i" com uma publicação na sua página de Facebook. O diário publicou uma notícia, com chamada de capa, em que revelava que o autarca tinha nomeado a sua mulher como adjunta quando era secretário de Estado Ajunto da Indústria e do Desenvolvimento. Medina garante que contratou Stephanie Sá Silva em 2009, e que não a conhecia. E, em 2011, quando decidiram avançar com uma "relação pessoal", a advogada pediu a exoneração.

O jornal "i" dá continuação ao artigo avançado pelo semanário "Sol", no passado fim de semana, e dá conta da "teia de relações familiares em governos do PS" que alega "não é recente". Uma das ligações visadas é o parentesco entre a mulher de Fernando Medina e o seu pai, o ex-ministro da Agricultura Jaime Silva, mas principalmente o facto de ser casada com o atual autarca de Lisboa.

Medina apelida a notícia de "falsa", e avança que "os factos são públicos e estão documentados". Medina vai apresentar uma queixa à ERC, à Carteira de Jornalistas, além de intentar uma ação cível contra o jornal.

Leia a reação de Fernando Medina na íntegra:

Mais Notícias