Assunção Cristas cancela arruada no Chiado e comício final

O programa do CDS-PP para o último dia de campanha, amanhã, foi substancialmente alterado, devido à morte de Freitas do Amaral.

O CDS-PP cancelou a arruada que tinha previsto amanhã realizar ao fim da tarde no Chiado. E também o comício final de campanha que realizaria depois em Lisboa, no Largo Adelino Amaro da Costa, em frente à sede nacional do partido.

As alterações prendem-se com a morte do fundador e primeiro líder do CDS, Diogo Freitas do Amaral, hoje, aos com 78 anos, vítima de cancro. Amanhã começa o velório no Mosteiro dos Jerónimos. No sábado decorrerá o será o funeral, no cemitério da Guia (Cascais).

Em relação ao programa de amanhã, a líder centrista cancelou também um pequeno-almoço que tinha marcado para as 8.30 no café Majestic (centro do Porto).

Assim, o programa de Assunção Cristas resumir-se-à a uma visita ao mercado da fruta das Caldas da Rainha, pelas 11.00, seguindo depois a comitiva para o último momento da campanha, um almoço com apoiantes em Setúbal.

Esta noite, no Porto, o CDS transformou o seu último comício da campanha numa homenagem a Freitas do Amaral. Assunção Cristas também cancelou uma deslocação que tinha previsto no sábado para assistir no Vaticano à consagração do arcebispo Tolentino Mendonça como cardeal.

Mais Notícias