PJ deteve suspeito de crime cometido em 2017

Em comunicado, a Polícia Judiciária anuncia ter ficado em prisão preventiva, o presumível autor de um homicídio qualificado em Tentúgal, no distrito de Coimbra.

A Polícia Judiciária anunciou este domingo (6 de dezembro) ter detido um homem pela alegada prática de um homicídio qualificado a 10 de março de 2017 em Tentúgal, no concelho de Montemor-o-Velho, distrito de Coimbra.

O suspeito tem de 34 anos e, após ter sido ouvido por um juiz, foi-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

De acordo com um comunicado da Diretoria do Centro da Polícia Judiciária, crime ocorreu na sequência de um conflito relacionado com um negócio falhado. O suspeito surpreendeu a vítima, de 46 anos, em sua casa, durante a madrugada, tendo-lhe desferido vários golpes mortais na zona da cabeça, utilizando um objeto contundente.

Ainda de acordo com a mesma nota, após cometer o homicídio, o suspeito incendiou o quarto, com a intenção de destruir o corpo e criar um quadro de morte acidental para ocultar o crime. A investigação, diz a PJ, "conheceu, recentemente, desenvolvimentos relevantes que conduziram agora à identificação, localização e detenção do suspeito".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG