Portugal com mais 13 mortos. Quarto dia consecutivo com mais de mil casos

No boletim da DGS deste domingo há registo de mais 1090 casos de covid-19 e mais 13 mortes em 24 horas. Há mais 12 internamentos e 384 recuperados.

Portugal registou mais 1090 casos de covid-19 nas últimas 24 horas, menos 556 casos do que ontem, mas acima dos mil pelo quarto dia consecutivo, tendo sido registadas 1278 novas infeções na quinta-feira e 1394 na sexta-feira e 1646 no sábado.

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) deste domingo (11 de outubro) morreram ainda mais 13 pessoas por causa do novo coronavírus.

O número total de infetados desde o início da pandemia é de 86 664 e o de mortes é de 2 080. Há mais 12 internamentos nas últimas 24 horas, para um total de 843, e mais duas pessoas nos cuidados intensivos. São agora 124.

Há mais 384 recuperados, num total de 53 187, com o número de casos ativos em todo o país a ser de 31 397 (mais 693 desde o boletim de sábado). Há 48 413 contactos em vigilância pelas autoridades de saúde, mais 811 do que na véspera.

O maior aumento de casos regista-se na região Norte (mais 625), seguindo-se a região de Lisboa e Vale do Tejo (mais 329). Há ainda mais 82 no Centro, 43 no Algarve e sete no Alentejo. Na Madeira há mais cinco novos casos e para os Açores não há números, com o boletim a esclarecer, em nota de rodapé que o relatório de hoje reflete uma descida do número total de casos da região dos Açores, por força da necessidade de correção da série histórica e da real atribuição dos mesmos a outra região de saúde.

Em relação às 13 mortes registadas nas últimas 24 horas, seis ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo, seis no Norte e uma no Alentejo.

Covid-19 já infetou mais de 37 milhões e 500 mil pessoas no mundo

O novo coronavírus já infetou 37 516 737 milhões de pessoas no mundo inteiro e provocou 1 078 132 mortes, segundo o site Worldometers (que reúne dados oficiais a nível mundial). Há agora 28 153 676 milhões de recuperados.

No total, os Estados Unidos da América são o país com a maior concentração de casos (7 945 505 ). Segue-se a Índia (7 053 806 ), o Brasil (5 091 840) e a Rússia (1 298 718). Portugal surge em 48.º lugar na tabela de casos a nível mundial, à frente da China, onde a pandemia começou.

Quanto aos óbitos, depois dos Estados Unidos (219 282), o Brasil é a nação com mais mortes declaradas (150 236), seguidos da Índia (108 371) e do México (83 642).

Mais Notícias