Seis casos importados e três de contágio no país. O que se sabe sobre os nove infetados?

Portugal tem nove pessoas infetadas com Covid-19. Esta quinta-feira ficaram a conhecer-se os casos de dois homens internados no Porto e um em Lisboa. Dois deles estiveram em Itália e o o outro tem ligação a caso confirmado

Portugal tem esta quinta-feira mais três casos confirmados do novo coronavírus, elevando para nove o número de casos positivos, revelou a Direção-Geral da Saúde (DGS).

De manhã, foram revelados dois casos confirmados de dois homens que estão internados no Centro Hospitalar Universitário de São João. Um tem 50 anos e veio de Itália e o outro, de 49 anos, tem ligação a caso confirmado, refere a DGS, em comunicado. A situação clínica dos dois doentes "está estável".

Já ao início da tarde, a DGS confirmou um nono caso, dizendo tratar-se de um homem de 42 anos, internado no Curry Cabral em Lisboa, após ter estado em Itália e tido contacto com um caso confirmado.

No total, Portugal tem nove casos de Covid-19 - oito homens e uma mulher. Os doentes estão internados em hospitais do Porto, Coimbra e Lisboa.

Dos nove casos de infetados, três são referentes a contágio já em Portugal e seis são importados.

Cronologia dos casos

Os dois primeiros infetados no país - confirmados na segunda-feira pela ministra da Saúde e pela Direção-Geral da Saúde -, dizem respeito a dois homens, um médico de 60 anos com ligação epidemiológica a Itália e um comercial de 33 anos que esteve em Valência.

Na terça-feira, surgiu a confirmação de mais dois infetados, todos eles com ligação aos casos anteriomente diagnosticados com Covid-19 em Portugal.

De acordo com a informação da DGS, o 3º caso refere-se a um homem de 60 anos, internado no Hospital de S. João, no Porto, com "ligação a caso confirmado" e 4º caso reportado é o de um homem de 37 anos, que está no Hospital Curry Cabral, em Lisboa, igualmente com "ligação a caso confirmado" para o novo coronavírus.

Já o quinto infetado por Covid-19 em Portugal é professor na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (ESMAE), que faz parte do Instituto Politécnico do Porto (IPP), tendo regressado recentemente de Itália.

O sexto caso foi de um paciente de Lisboa e é referente a uma mulher entre os 40 e os 49 anos. Trata-se de um caso importado, uma vez que a mulher esteve recentemente em Itália.

Esta quinta-feira foram então anunciados mais três casos: dois homens no Porto e um em Lisboa.

No boletim divulgado ao final do dia de quarta-feira sobre a situação epidemiológica em Portugal, a DGS informava que estavam registados 117 casos suspeitos.

O Covid-19 é o nome atribuído pela Organização Mundial de Saúde à doença provocada pelo novo coronavírus, que surgiu em Wuhan, na China, no final do ano passado.

Novo coronavírus já infetou mais de 93 mil pessoas em todo o mundo

O surto de Covid-19, detetado em dezembro, na China, e que pode causar infeções respiratórias como pneumonia, provocou cerca de 3200 mortos e infetou mais de 93 mil pessoas em 78 países.

A Itália, o país mais afetado na Europa, anunciou na quarta-feira o encerramento de todas as escolas e universidades a partir desta quinta-feira e até 15 de março, como medida de precaução face à epidemia de Covid-19, que no país já matou mais de 100 pessoas.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto de Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional e aumentou o risco para "muito elevado".

Atualizado às 17:30 com correção sobre o nono caso: trata-se de um homem que esteve em Itália, segundo esclarecimento da DGS

Mais Notícias